Páginas

Marcadores

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Nadas

A vida é um amontoado de afazeres,
De dizeres mal ditos,
Histórias mal contadas,
Resultados inesperados,

Dias instáveis;
A vida é um amontoado de coisas,
Há sempre o que se fazer
Há sempre quem opte por negar:
Ser, resistir, existir num plano geral.
Como não ser... Deixar quem se é
E voltar ao nada.
O vazio da alma.
Um amontoado de nadas
Que se tornam tudo.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Verdades Indizíveis

Diga para si mesmo verdades indizíveis...
Não deixe que te digam o que fazer,
O que dizer
E o que pensar.
Pense por conta própria,
Seja independente
E escove os dentes.
Morda o que é seu,
Desfaça-se do que não lhe pertence
E limpe a mente.
Pratique exercícios
E alimente-se de gargalhadas.
Diga para si mesmo verdades indizíveis,
Pense obscenidades e deixe que goze.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Lendo a Mente

O emprego me obriga a viver.
É uma boa desculpa pra sair de casa todos os dias.
Um exercício diário que mostra o quanto temos que ser fortes.
A batalha de você contra o mundo está só na sua cabeça.
Não existe exército mesmo,
Não existem oponentes mortais,
Existem medos,
Carências,
Covardia,
Ousadia,
E existem oportunidades.
Você deve criar, cada uma delas...
Não se engane,
A verdade não está nos olhos,
Às vezes, só lendo a mente.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Cortar Pela Raiz

Com o tempo eu fui me importando menos,
Trabalhando menos os disfarces...
As máscaras.
Se eu não estou bem
Eu não me importo em demostrar,
Não mais.
Hoje percebo o quão pequeno são esses sentimentos,
Não posso dar vazão...
Não posso deixar fluir, apenas podar,
Cortar pela raiz, antes que me consuma.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Livre

Teve dias em que sorri,
Dias em que corri,
Dias em que menti,
Dias em que precisei mentir.
Dias bons e dias ruins.
Teve dias em que não ouvi
E aprendi com isso.
Dias sem sono.
Noites...
Dias são como os pássaros,
Livres.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Luz Própria

Saia da toca.
Invoque um demônio.
Diga bobagens num fim de tarde.
Não deixe que te consumam.
Exerça poder.
Seja forte.
Não olhe pra trás.
Concentre-se no futuro.
Não perca o passado de vista.
Invista em quem te faz bem.
Faça bem às pessoas.
Seja você mesmo,
Não deixe que apaguem sua luz.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Covarde

Ó armário,
Que reservas pra mim.
Um futuro podado, como um jasmim.
Armário: Um eterno vigilante.
Não se evolui.
Nega-se quem se é.
Ó armário,
Fizeste de mim um covarde.