Páginas

Marcadores

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Aborto, Por Que Não?

A grande maioria das pessoas acredita que o aborto não deve ser realizado de forma alguma, sob qualquer circunstância, porém nem sempre é o que acontece.
   
Hoje, grande parte das meninas engravidam muito sedo, o que piora ainda mais essa situação, como seria possível uma criança criar outra? Seria como dizer para um cego olhar para os dois lados da rua antes de atravessar.
    
Se uma adolescente engravida e essa criança não é desejada como que essa criança vai nascer, sendo rejeitada, maltratada e até mesmo humilhada pela própria mãe, podendo até virar um perigo para a sociedade, sendo um ladrão, delinquente ou coisa pior.
   
Se essa mãe abortasse não estaria evitando tudo isso, todo esse transtorno, até mesmo para a criança que no fim é a que mais sai perdendo nessa história. Só não podemos continuar na situação em que estamos, onde o  aborto é visto como um dos atos mais monstruosos que um ser humano pode cometer.
  
Contudo, não estou incentivando a prática do aborto, é certo que essa mãe é quem deve evitar a gravidez para que não se chegue nessa situação. Apenas acredito que essa é uma questão que deve ser avaliada com muita calma e compreensão.
         
Obs. É fácil julgar quando se está de fora, porém quando você se vê em uma situação dessa, você nem imagina o que fazer.

3 comentários:

Henrique disse...

Acho a coisa mais idiota alguém abortar só pra se ver livre... Se não usa proteção, a pessoa foi burra o suficiente! O bebê não tem NADA a ver com isso!

Henrique Abrantes disse...

O aborto pode ser visto de várias maneiras, mas em quase todas essas maneiras, ele é visto como uma trocidade.

Anônimo disse...

No japão a vida não começa quando vc nasce e sim qdo é gerado, um bebê nasce com 9 meses de vida!
Por isso eles dizem sempre q tem 1 ano a mais do q está no registro, uma vez que a gestação é contada como tempo de vida!!! Eu sou descendente e concordo plenamente!!! Até em caso de estupro eu sou a favor de não interromper a gravidez, se caso acontecesse comigo eu teria o bebê, afinal, independente de quem é o genitor, o óvulo é meu, portanto, é meu filho!!! Quantas pessoas concebem filhos apaixonadas e depois de algum tempo não se suportam? E ainda sim amam os filhos???

Aborto é assassinato!!!

Desculpem quem é a favor, eu respeito a opinião de vocês e estou expondo a minha!
Eu não deixaria de ser amiga de alguém que decidisse fazer um aborto, mas faria tudo para evitar. Porque eu acredito que sempre existirá o sentimento de culpa... Exceto se a pessoa se enganar ao ponto de se convencer que não cometeu um assassinato!

Prevenção sim! Assassinato (ou aborto) não!