Páginas

Marcadores

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Vício em Jogos

Os jogos podem ser visto como uma forma de distração ou uma forma de se obter adrenalina, mas como saber quando parar? Até que ponto jogar está sendo saudável para você?

A aflição do jogador compulsivo é maior do que a do alcoólatra, apesar de este vício ser químico e do jogador compulsivo não, mas um jogador compulsivo pode apresentar sintomas parecidos com a de um alcoólatra, um alcoólatra pode vender suas coisas para comprar bebidas, o mesmo acontece com um jogador compulsivo, um alcoólatra perde seus amigos por causa do vício, um jogador compulsivo também.

Esse vício de jogar e jogar atinge todas as idades, até mesmo crianças e adolescentes, falando em adolescentes existe um menino cujo nome não vai ser divulgado, que se diz viciado em um jogo online, a coisa é tão séria que com o vício essa pessoa não faz mais nada a não ser jogar e jogar, sem parar, ficando até 24hs por dia jogando. Com isso, esse adolescente falta na escola, não cumpre com seus deveres em sua casa e até mesmo deixa de fazer coisas normais de adolescente, como jogar bola com os amigos.

Hoje esse adolescente está sem computador o que dificulta ainda mais sua situação, jogando apenas em lan house... Também reprovou o ano na escola, mas e o final dessa história? Só Deus sabe!

Ainda não existem estudos no Brasil, mas uma equipe do Anjo finaliza uma análise populacional da Grande São Paulo. Se o índice se confirmar, isso significa que, de cerca de 17 milhões de habitantes, 340 mil são viciados em jogo e a mesma quantidade pode se tornar se não tiver a devida atenção. (Informações retiradas do site Medicina avançada para ver clique aqui)

Mas por que um jogador comum se torna um jogador compulsivo, geralmente isso ocorre porque essa pessoa tem dificuldade de aceitar a realidade, sendo assim essa pessoa tenta encontrar fugas e no jogo ela encontra, pois quando está jogando ela pode ser quem ela quiser e pode fazer o que quiser, é o mundo dos sonhos, outra coisa é que essa pessoa pode ser insegura emocionalmente ou até mesmo imatura.

Por isso preste atenção se seu filho, marido, colega, conhecido, está jogando compulsivamente ajude-o. O primeiro passo é que ele deve reconhecer que está sob o domínio de uma doença e ter o desejo de se recuperar.
 
Obs. Um jogador compulsivo geralmente entra nessa por ter problemas familiares, mas também existem aqueles que entram nessa apenas por gostarem de jogar, eles jogam, jogam e quando querem parar? Não conseguem... Uma doença pouco conhecida pela sociedade.

2 comentários:

Robson disse...

Obrigado por ler, é que tem tempo que o punctum tá só, e não sei porque, vamos conversar primeiro por um tempo?

Comendo Maná disse...

Olá meu querido! Estou seguindo o seu blog e desde já convido-te pra seguir também o meu.
Seria um imenso prazer. O comendo maná é um canal bíblico que envolve os principais temas.
Sinta-se tambem a vontade para adicionar nosso banner a seu blog.
Abraços.. Deus te abençoe..
Myllena Carneiro
www.comendomana.blogspot.com