Páginas

Marcadores

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Adoção

A adoção é de fundamental importância em nossa sociedade, pois ela é quem dá vida a quem parece estar morto, é ela que reacende a luz no coração de milhares de crianças que estão abandonadas, largadas, por seus próprios pais, em virtude de diversas razões.

Mas que razões são essas que fazem com que a pessoa que deve proteger seus filhos, que deve cobri-lo nas noites frias, cometam atos tão desumanos como largar um filho em uma sarjeta qualquer como se ele fosse um objeto dispensável.

Os motivos são muitos, a falta de preparação psicológica dos pais, o simples desejo de não querer mais o filho, a depressão após a gravidez que atinge diversas mulheres, e o pior essa depressão é do tipo que não se percebe, a pessoa está a ponto de se matar, porém na sua frente são flores amores e bla bla bla, mas o principal motivo pelo qual fazem milhares de mães e pais abandonarem seus filhos quando eles mais precisam, é a falta de dinheiro.

No Brasil, há 4.200 crianças aptas à adoção e 25 mil casais pretendentes, segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Mas 80% dos casais querem bebês de até três anos e só 7% das crianças estão nessa faixa etária. Já foi aprovado uma lei que facilita o processo de adoção. (Para entender a lei ou se informar mais “clique aqui”)

Contudo, nós sabemos que temos um longo caminha até resolvermos essas discrepâncias em nosso país, porém ainda tenho esperança de que um dia essa realidade mude e que possamos olhar para um abrigo e vê-lo.......................... vazio.

Obs. Este tema me foi enviado pela inteligentíssima Laís Cardoso, que em apenas uma conversa me mandou 07 temas que logo estarei desenvolvendo.

Nenhum comentário: