Páginas

Marcadores

quarta-feira, 24 de março de 2010

Os filhos de Estimação

Antigamente os filhos eram a razão de viver dos pais, hoje com todo esse processo de globalização já não é mais assim que funciona, os animais a cada dia tomam mais lugar na família e realmente se tornam um membro da família, causando diversos atritos e entreveros.

Esses animais de estimação que mordem sempre os melhores sapatos, que fazem xixi bem no seu sofá, que adora afiar suas garras na parede da sua cozinha deixando marcas lindas, são amados por quase todos e muitas vezes seus donos se esquecem de tudo e os tratam com um amor excessivo os prejudicando e os deixando mal acostumados.

Mas o problema não é só esse, com tanta atenção e tanto amor dedicado exclusivamente a seus filhos de estimação, com seus aparatos, suas unhas pintadas, seus pelos brilhando e seus dentes branquinhos, os verdadeiros filhos ficam com uma pontinha de ciumes causando brigas familiares ou até mesmo o ódio desses filhos pelo lindo animalzinho.

Podemos sim, amar nossos animais, porém temos que ter um limite, temos que deixá-los em seus respectivos lugares, eles são animais e jamais vão substituir a presença de uma pessoa, podem trazer muitas alegrias e podem parecer muito confiáveis, porém são animais e jamais deixaram de ser.

2 comentários:

bones disse...

eamente não creio que vc tenha um animal de Estimação, não pelo texto que escreveu.

há seis bolinhas de pelo aqui em casa das quais não sou dona, sou guardiã;

Mateus Paizante disse...

A gardian fodona escreve um texto melhor int