Páginas

Marcadores

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Publicidade, Liturgias e Paradigmas

A publicidade tem como finalidade a divulgação de um serviço ou produto, já o marketing é quem vai direcionar a publicidade para que ela dê retorno real ao seu negócio, como centro de tudo isso temos os comerciais de TV, que a cada dia estão mais ousados pegando em pontos sensíveis da sociedade como a autoconfiança, motivação e autoestima, sem mencionar que a publicidade influencia na cultura assim como no comportamento de seus clientes e até não clientes. Recentemente eu vi um comercial na TV que -claro- não vou falar qual é, mas que me impressionou, no comercial eles fazem merchandising de um antitranspirante, onde o produto tem como promessa o fim da transpiração, o que sabemos que é impossível, até em casos em que se opera as glândulas sudoríparas as pessoas ainda continuam transpirando, porque transpirar é normal e necessário para baixar a temperatura do corpo. (Nesse caso estamos falando de hiperidrose que é o excesso de suor, onde uma cirurgia intitulada simpatectomia resolve o problema).

Mas até ai tudo bem não é novo mentir ou ocultar verdades em comerciais, “o mais importante é vender seja como for”. No comercial mencionado uma série de garotos transpiram em excesso e por causa dessa transpiração eles perdem amigos e principalmente mulheres(namoradas), o que para mim foi o cúmulo da ousadia, mexer com a autoestima dos brasileiros, a maioria das pessoas, na verdade todas que perguntei tem vergonha de transpirar, agora ter um comercial explicitando em rede nacional que transpirar é feio e ninguém gosta e ainda levando para o lado dos relacionamentos amorosos... Ninguém brigou ou terminou com um namorado porque ele transpirava, se fosse assim não haveriam casais no mundo.

Vale lembrar que na década de 80 a propaganda estava defecando na mente de todos que fumar era legal, onde não só se viam as pessoas fumando em comerciais mas também em novelas e até DVDs. Hoje o conceito de fumar é bem diferente. Fumar, agora, ganhou preconceitos e “só agora” faz mal à saúde. Um exemplo claro de que a propaganda influencia na concepção de novos paradigmas, realizações de novas liturgias e até na maneira de pensar das pessoas. Por outro lado, os publicitários devem estar muito felizes com as vendas, pegam no ponto fraco de todos e com isso vendem seu produto, mesmo que não seja bom ou atenda suas especificações.

Contudo, a publicidade e a propaganda é mais que necessária na divulgação de um produto e para que ele seja veiculado em diversas mídias, porém não é necessário usar de técnicas apelativas para conseguir vendas, nós Brasileiros somos muito criativos e temos capacidade intelectual para pensar em algo menos prejudicial para à sociedade. Tudo que vemos na TV nos influencia no nosso dia a dia, sem que percebamos, isso é chamado de subliminar, aquilo que não é visto ou captado, mas fica no subconsciente de todos.

Obs. Fiquei muito indignado quando vi a propaganda na TV, a forma com que eles abordam o tema é muito escrachada e pouco pensada, sendo até preconceituosa. Para os que sofrem de hiperidrose não deve ser fácil ver esse tipo de comercial na TV. Isso porque nem falei dos comerciais de cerveja.

Nenhum comentário: