Páginas

Marcadores

domingo, 10 de junho de 2012

O Alpinista

Nem tudo é o que parece.
Subindo e seguindo em direção ao topo
de uma montanha, somos motivados por um ideal.
Lutamos e vencemos qualquer barreira
só para conseguir chegar ao seu topo.
Durante todo o tempo fantasiamos
como vai ser o momento de glória,
vivemos e o revivemos a cada pulsar.

Nossa imaginação nos guia e apenas
nos deixamos levar.

Cada vez que nos
aproximamos daquilo que mais buscamos,
somos enaltecidos pelas últimas injeções
de fôlego, do fragmento de coragem e força
que não tínhamos noção de possuir.

Quando finalmente chegamos ao topo,
por instantes nos embriagamos pelo
sentimento de satisfação que nos norteia,
em seguida começamos a descer.
É hora de voltar;
percebemos
que
nem tudo é o que parece.

Nenhum comentário: