Páginas

Marcadores

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ressaca Moral

É engraçado como as coisas acontecem. Durante todo o momento em que agimos, se quer pensamos em valores morais ou éticos, passamos por cima de qualquer racionalidade e só o que se vê é a impulsividade. Tamanho descompasso resulta em um arrependimento e o arrependimento é uma porta que dá acesso a um inferno, o inferno das psicoses.

Precisa-se de liberdade, às vezes eu me pergunto se ela de fato existe, quando somos crianças temos uma autenticidade na forma como agimos e durante nosso crescimento, os já contaminados pela “falta”, simplesmente nos tiram. Somos a todo momento repreendidos e corrigidos como se houvesse algo errado com a verdade.

No fim, o que nos resta é lutar contra aquilo que nos foi fixado, antes mesmo do nascimento, uma luta inútil que nos leva à frustração de não perceber qualquer avanço em meio a tantas tentativas. Aos que não entenderam nada, serve apenas um conselho, saia da mediocridade e seja diferente porque o mundo está cheio de iguais.

Nenhum comentário: