Páginas

Marcadores

quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Política

Às vezes, temos que ser sorrateiros, temos que caminhar por dentre as cobras enquanto elas dormem e o silêncio é o nosso principal aliado. Ao mesmo tempo em que os infiltrados passam despercebidos frente as nossas faces; eles fingem ser nossos amigos, fingem ser nossos parceiros, quando na verdade não passam de mentiras, uma máscara difícil de ser revelada.

Assim é a política, seja onde for sempre haverá aqueles em quem você pode confiar, mas dentre eles há um ninho, um ninho completamente arraigado a todo o cume da essência daquilo que estrutura todo o batalhão, neste ninho habitam as principais faces do país, aqueles que governam e que comandam o mundo. Eles são a escória da humanidade, são a vergonha histórica que mancha nosso passado.

Ainda assim os botamos no poder, ainda assim os respeitamos, os damos mais um voto de confiança e acreditamos, no mais simplório de nossos pensamentos, que eles podem de fato fazer algo para mudar a dura realidade em que a maioria vive. Eles não são dignos de pena, são o que há de pior na sociedade e devem ser eliminados como a cultura que reina deixando-os cada vez mais fortes.

Algo assim mal é percebido, como a aranha que fica à espreita na espera pelo momento certo, só o que podemos fazer é seguir o seu exemplo.

Nenhum comentário: