Páginas

Marcadores

domingo, 14 de outubro de 2012

Ovelha... Vermelha

Por que essa inquietação.
Estáticos dentro de uma quase elucidada emoção,
somos levados para além da razão.
Deflorando o vazio, nos sujamos com seu sangue.
Acreditamos ser vermelho e salgado, mas não é.
Bolhas explodem e fragmentos de lixo -de todo tipo-
se transportam para todos os lados, não os vemos.
Perguntas me causam arrepios, as equações
não batem e a ciência não é exata.
Estarei eu louco.

Nenhum comentário: