Páginas

Marcadores

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Carta ao Noel

Querido papai Noel, esta é a primeira vez que lhe escrevo e digo-lhe com sinceridade que já deixei de acreditar em sua existência há alguns anos, mas diante da possibilidade de realizar um desejo, representado por um presente, eu não poderia deixar de tentar.

Detesto o natal, devo confessar-lhe. Prefiro a páscoa onde como muito chocolate, mas não gosto das espinhas que me causa. O Natal vem perdendo o seu sentido a cada ano e já faz muito tempo que ele não tem uma causa justa a se agarrar, virou marketing ou puro negócio. Uma triste realidade para um evento que já me deixou boas lembranças na mente. Como fui um bom menino este ano, tenho por direito um pedido a ser realizado. Estou em uma profunda dúvida sobre o que lhe pedir, já tenho uma bicicleta e acabei de me lembrar que você é o papai Noel não um bruxo ressuscitador, por isso não vou lhe pedir para trazer vida à minha avó. Estou pensando que seria muito bom se você ajudasse a quem tem fome, a quem sofre com o frio nas noites das cidades ou àqueles que neste dia não tem o que comemorar. Seria muito bom também se você passeasse pelos hospitais distribuindo alguns presentes. Ficaria feliz se você, mestre de barba branca e casaco vermelho que bebe Coca-Cola no inverno; restaurasse os bons princípios que há tempos foi desfragmentado ao longo da evolução natural. Não posso me esquecer que seria fantástico se você desse um pulinho em uma academia e emagrecesse, afinal você é um exemplo para as crianças, minha mãe vive me policiando para não engordar, acho que você precisa de uma mãe também, se tivesse uma não teria descuidado tanto. Finalmente, sinto-me pronto para realizar meu único pedido ao qual tenho direito, já que foi muito difícil pra eu ser um bom menino este ano, tenha a certeza de que não serei ano que vem. Na verdade eu já tenho idade para compreender que quem vai ler esta carta são meus pais, para não os entristecer com um pedido lúdico vou me fixar ao tangível e não correr o risco de me perder no poço da esperança eterna pela realização de um pedido impossível... Por isso, quero um Iphone 05, o da maçã, não vão confundir com o da pera. Lembrem-se o papai Noel se move a velocidade da Luz, hoje é véspera de Natal e a meia noite já será natal, o que significa que meu presente deve estar embaixo da chaminé em duas horas, onde colocarei leite com biscoitos.

P.S. Um abraço na: Corredora, Dançarina, Empinadora, Raposa, Cometa, Cupido, Trovão, Relâmpago e o Rodolfo. Gostaria muito que você não abusasse das fantásticas renas, obrigando-as a puxar seu trenó.

P.S². Como você consegue passar pela chaminé?

Nenhum comentário: