Páginas

Marcadores

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Machos com Vagina

Está tudo tão estanho; no meu tempo as mulheres não eram assim, tão... Elas obedeciam mais. Eram mães exemplares e sempre davam atenção aos seus maridos. Bons tempos. Era tão bom que, às vezes, tenho vontade de voltar. Sabe, havia um espírito de boa vizinhança que se espalhava por toda a cidade, saíamos para ganhar a vida enquanto nossas esposas cuidavam do lar, era perfeito. Não sei por que mudou! Até os filhos eram mais educados, é verdade que dia ou outro tínhamos que ser um pouco mais enérgicos com a família e fazer como o bom Deus nos ensina, mas isso traz a decência e os bons princípios. Hoje existem leis. Não podemos educar nossa família, as mulheres trabalham e sob a proteção do governo se acham as tais; são arrogantes e cada vez mais gananciosas. Precisam de limites. Até da boca de alguns testosterona ecoa discursos pró-feminismo, parece até complô.

Sob a nossa gestão já conhecemos todos os extremos, já na delas... Temos uma enorme lacuna do desconhecido. A minha maior decepção foi minha esposa ter me largado, ela manipulou meus filhos e hoje eles não me visitam. Eu não sou ruim, elas é que são, vão dominar o mundo e ninguém parece se importar. Eu me importo. A verdade é que as quero de volta, as mulheres, as verdadeiras mulheres; porque essas não passam de machos com vagina.

2 comentários:

Keli Araújo disse...

Olá Henrique. Sempre leio seus textos e, sinceramente, admiro muito a forma como expõe as palavras. Mas, esse em questão, tenho que discordar. Você me parece uma pessoa culta e não consigo acreditar que você pense dessa maneira sobre as mulheres. A nossa luta não é para sermos melhores do que os homens, mas sim, iguais. Espero que compreenda a minha posição. E, se caso eu tiver compreendido erroneamente, me perdoe.

Parabéns, mais uma vez, pelo blog.
Abraços.
Paz e Luz!

Henrique Abrantes disse...

Eu realmente gosto quando você(Keli Araújo) participa comentando algum texto, às vezes leio seu blog e fico maravilhado com a forma que escreve. Com relação a este texto acredito que você não compreendeu bem, não estou dando minha opinião, meu personagem pensa dessa forma e ainda assim ele está ligeiramente arrependido ao mesmo tempo em que não pode ceder ao feminismo, afinal temos que defender a classe a qual pertencemos. Agora, na minha opinião: As mulheres tem, sim, o direito a igualdade, me causa espécie ver algumas mulheres defendendo ideais machistas do tipo em que a mulher é a dona de casa e só serve para isso, ela pode sim ser a dona de casa, mas pode ser bem mais que isso. A igualdade de gênero assim como a igualdade em termos gerais nunca vai existir de fato, mas melhorias já podem ser percebidas na sociedade contemporânea.