Páginas

Marcadores

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

A Certeza de Uma Dúvida

Quando na dúvida solidificamos uma certeza, percebemos que -muitas vezes- o começo só é descoberto no fim. Nas raízes, descobrimos o néctar do crescimento, a fotossíntese da vida em um ébrio desenvolvimento que tem como cume a dúvida e a inércia. Escolher nem sempre é a solução. O que fazer? Não cabe a mim dizer, as dualidades que o destino nos emprega leva-nos a caminhos inimagináveis. Irreconhecíveis, nos tornamos. Nas ondas do tsunami mergulhamos e somos arrastados para o fundo, batemos com a cabeça e mais uma vez nos perguntamos: O que fazer? Navegamos para a superfície, damos de cara com uma estrela presa no céu e nos perguntamos...

Nenhum comentário: