Páginas

Marcadores

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Assassinos Arbitrários

Será de sua natureza ou adquirido com o passar dos séculos. Talvez a questão nem seja essa, mas é inquietante se perguntar: São todos ou uma grande parte deles?

Incongruentes de valores ou regras sociais básicas, suicidas por opção, sem motivo ou razão. Fazem-nos reféns. Bebemos do seu perigoso cálice da morte, escurecemos gradativamente os pulmões e tossimos sangue, sedentos por ar puro.

Os restos do veneno, espalhados pelo chão... poluição total. Desrespeito social. São eles displicentes ou meras vítimas da influência alheia? Seja o que for, fica claro que são fracos e se entregam a um vício que os matará e todos ao seu redor.

Nenhum comentário: