Páginas

Marcadores

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Espelhos Quebrados

Espelhos quebrados;
Imagens fragmentadas de nós mesmos em uma interpretação fútil ou precipitada. Como num dia gris, uma vez ao ano reavivamos memórias em busca de satisfação. Alimentamo-nos dos bons momentos e deles nos enfartamos.

Um pequeno caco nos fere e sangramos... Para estancar a lesão, usamos de eufemismos.

Ao toque da meia noite seremos transportados para uma nova jornada, uma nova trilha se forma aos nossos pés e cabe a nós seguir em frente. Neste momento, a nostalgia nos contamina, o sentimento de que tudo poderia ter sido melhor nos envolve. Um vazio na alma que tende sempre a nos consumir em épocas como essa. Uma espécie de reflexão intrínseca, um sentimento de saudade daquilo que nem sabemos com precisão. É ai que percebemos o valor da vida e apreciamos os momentos mágicos que sempre nos fazem sorrir: A piada clássica do “é pra ver ou para comer”; A tentativa falha ao se abrir uma rolha de uma garrafa de vinho; A impaciência ao tentar acender a churrasqueira e até mesmo as gambiarras para se manter o som funcionando. No fim, apreciamos cada momento.

Neste dia, aproveite a oportunidade de estar ao lado de quem se ama, converse, dance e liberte-se. O mundo é liberdade. O mundo é amizade. O mundo é amar e ser amado!

Nenhum comentário: