Páginas

Marcadores

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Razões

Será mesmo que tudo tem um porquê. Dar um propósito a todas as nossas ações é no mínimo desafiador. Talvez uma necessidade para alguns, mas alguns necessitam crer em tudo que tem um mínimo sentido. No fundo, se tudo tem um porquê seria como se estivéssemos num grande plano, o que nos leva a uma pergunta: Quem planejou? Ai tudo desmorona em uma rede de besteiras misticas. As coisas acontecem, algumas têm motivação, outras não. Não é simples, mas é preferível não se ter respostas a crer em mentiras.

Nenhum comentário: