Páginas

Marcadores

quarta-feira, 25 de março de 2015

Colossal

O rasgar das fronteiras.
Doloroso, se não fosse prazeroso.
Idas e vindas; Amor!
Colossal, tiraste de mim
O contrário do mal.
E dele nada mais me restou.
A fagulha, que um dia nos incendiou,
Hoje se apagou.
E o que parecia ser amor, se transformou.
Hoje eu cresci, e aprendi que
O que um dia se pensou,
Não passou de fogo no rabo.

Nenhum comentário: