Páginas

Marcadores

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Traição

Sou um homem marcado;
Frustração...
Amar nunca fora tão caro.
O preço é minha dignidade,
Ela escorre pelos julgamentos
-rancorosos- da sociedade.
Dizem o que devo fazer...
Ser traído: A contravenção do amor.
Prendam quem com o coração alheio brincou.
Entreguem-lhe aos lobos;
Pra junto do capiroto.
Ser enganado...
Envolto numa cápsula de sentimentos
Ignoramos o que dizem, e
Perdemo-nos com o tempo.
Tornamo-nos o que mais julgamos.
Paga-se com a língua!
Nunca seremos o mesmo.
E depois da tempestade vem a calmaria.
Contabilizam-se os prejuízos e
Curam-se as feridas;
Mas a confiança passa a ser
Uma velha lembrança
E nada mais.

Nenhum comentário: