Páginas

Marcadores

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

#Chata

Ela me desafia de todas as formas possíveis.
Indomável, quase amável.
Complexa ao ponto.
Profunda o suficiente,
Mas tão indiferente...
E tem gente que não entende.
Eu entendo!
Porque no fundo somos parecidos.
Não admitimos, mas também amamos.
E gostamos de analisar;
O complexo faz parte de quem somos.
Sonhamos...
E somos o que não se espera.
Mas ela, quem dera, vai além.
Quem sabe supere as mazelas.
Amém!

Inspirado em: Priscila Carvalho

Nenhum comentário: