Páginas

Marcadores

quarta-feira, 16 de março de 2016

Respeito à Diversidade

Que se danem os nós,
Vamos desatar a paixão
E fazer do amor uma ação.
Libertai-vos, pois a liberdade é um direito universal.
Que não sejamos Stalkeados num fúnebre julgamento social.
Que não nos sujeitemos ao papel de coadjuvantes.
Somos protagonistas! Assumamos isso.
E lutemos em prol do visto.
Que os que se obstem; e insistem em conspurcar nossa imagem,
Tenham uma overdose... De amor!
Não percamos a esperança, mas nos atentemos à realidade.
Somos vítimas: Da ignorância; Da intolerância...
Como se houvesse um preço a ser pago pelo amor.
Não podemos nos amar, e o justo perde o sentido.
Somos agredidos, em silêncio.
Somos perseguidos, à espreita.
Somos vítimas de uma sociedade machista.
Que a verdade seja dita.
Estamos aqui, e daqui não sairemos.
AMAREMO-NOS MAIS QUE À VIDA.
Que hão de dizer a esse respeito
a não ser o que lhes é de direito:
NADA!

Nenhum comentário: