Páginas

Marcadores

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Exposição

Ele julga sem ler.
Baseando conceitos em preconceitos e no seu medo de se expor;
Seu covarde medo do julgamento social.
Mas sabe ele que a sociedade não da a mínima,
Não se importa com sua medíocre vida;
Com suas privações de felicidade em prol do bem estar dos outros.
Temos o dever de ser...
Quem somos; Sem abnegações.
Reafirmar nossa identidade e dizer à sociedade: 
É assim que sou, aceite ou respeite; não admito malcriações.
Com o tempo, se sentirá livre e perceberá o quão bom é 
a brisa da liberdade de olhar para si 
e se enxergar como realmente se é.

Nenhum comentário: