Páginas

Marcadores

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Lamentos

Quase um demônio,
Seu olhar podia ser sinônimo;
De dor.
Fez-me acreditar no amor.
Pra quê.
Iludiu-me com palavras bonitas;
Viu em mim uma alma limpa.
Você foi crasso;
Errou seu julgamento,
De mim só saem lamentos;
Pelo que podia ser,
Pelos sorrisos que podíamos ter dado.
Pelos dias felizes...
Se resta algo,
São só lamentos.

Nenhum comentário: